Whatsapp
(11) 94593-6721
0Item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Product was successfully added to your shopping cart.

Author Archives: admin

  • Como preparar a cola?

    Que tipo de cola utilizar?

    Existem dois tipos de cola para papel de parede: A cola em pó ou a liquida.
    A cola em pó é indicada para papéis comuns por ser mais leves, já a cola liquida é mais forte, indicada para papéis vinílicos.As duas são atóxicas,sem cheiro e fáceis de aplicar. Elas são vendidas no mesmo local de venda do papel, além de ser encontrada em casas de materiais de construção e Home Centers.

    Preparando a cola:

    Para aplicação do papel de parede, diluir a cola em pó em um recipiente com 1 litro de água fria para cada rolo. Para a faixa de parede diluir em ½ litro de aguá fria.

    Esta cola é totalmente neutra, podendo ser diluída em um recipiente doméstico. No início, vão aparecer bolhas de cola no preparo, mas elas vão se diluindo aos poucos. Mexer até ficar totalmente transparente, ficando pronta para uso.

    *O indicado é preparar a mistura e deixá-la descansando durante 2 horas, para que as bolhas se diluam e a aplicação seja mais efetiva.

    bcclxuan50gnpamr0oc3ojo7i

     

     

     

  • Vinílico ou Vinílizado?

    papel-de-parede$$7323Qual a diferença?

    Ambos são revestimentos ecológicos, sua matéria-prima é 100% reciclável.
    Cada um deles passaram por tratamentos especiais diferentes para melhorar sua durabilidade.

    Vinilizados: A limpeza do papel vinilizado deve ser feita apenas para retirar o pó. Não recomendamos usar o pano úmido. 

    Cuidados: não utilizar produtos químicos ou abrasivos na limpeza, evitar exposição demasiada ao sol e contato com objetos cortantes.

    Vinílicos: É composto por papel, tinta vinílica e proteção com capa de PVC que proporciona resistência a luz, atrito e abrasão. Sua forte capa de proteção permite uma limpeza melhor e qualifica o material como ignífugo, ou seja, não propaga fogo.

    Cuidados: A limpeza do papel vinílico pode ser feita com um pano ou uma esponja úmida, podendo utilizar sabão neutro ou detergente neutro. Nunca esfregue o papel de parede com panos, esponjas ou qualquer outro material. Por ser um material lavável, isto será suficiente.

  • Quantos rolos são necessários?

    Para calcular a quantidade de rolo a ser usado, é necessário saber as metragens (altura x largura) de todas as paredes que serão usados o papel. 

    A maioria dos rolos tem 10 m de comprimento e 0,53 cm de largura e rende aproximadamente 4,5 m² se ele for de estampa lisa. Já se ele possuir uma estampa mais elaborada, para ter encaixe dos desenhos, a média de aproveitamento é de 4 m². Fique atento a área de cobertura do rolo.

    Primeiramente, medir a altura e a largura da(s) parede(s) e multiplicá-las, assim você acha a área da parede. AxL= Área da Parede. A área da parede deve ser dividida pela área de cobertura do rolo. Área da Parede ÷ Área do Rolo.

    Lembre-se, para aproximadamente 4 m² ou 4,5 m² de parede, usa-se 1 rolo de papel de parede. Deve sempre ser arredondada a metragem para mais.

     

    rolos-de-papel-de-parede-1338953035631_956x500

  • Como aplicar o papel de parede

    Como-Aplicar-Papel-De-Parede-TendTudo

    Todos tem dúvidas de como aplicar o papel, acham que é um bicho de sete cabeças mas hoje vou mostrar como é fácil. 

    Etapas para a preparação da colocação:

     A primeira etapa é essencial para que a colocação fique perfeita e duradoura. A parede precisa estar lisa, sem infiltrações e com o reboco firme. Se ela estiver descascando, lixe-a e aplique a massa corrida. É aconselhável lavar as paredes e deixar secar antes de aplicar. Só assim o papel parede terá o efeito desejado. Quanto mais tempo gastarem na preparação do local, melhor será resultado.

    2° Antes de colocar o papel de parede, desligue a eletricidade para não correrem o risco de tomar um choque e retire todas as tomas e interruptores. É indispensável que retirem todos os objetos da parede, caso contrário, os efeitos serão catastróficos. 

    3° Utilizem plásticos para forrar o chão, assim o trabalho será rápido, limpo e eficiente. Depois, no final, é só retirarem os plásticos e já podem usufruir do “novo” espaço da casa.

    Colocando o papel:

    1° Corte as tiras dos papeis com 10 cm a mais que a altura de sua parede. Após cortado com um rolo ou pincel largo passe a cola atrás do papel. 

    Dobre a parte de baixo do papel, para deixa-lo em sua altura. Assim será mais fácil de carrega-lo sobre a escada e aplica-lo.

    Ao colocar na parede deixe 5 cm na parte de cima e 5 cm na parte de baixo para ocorrer o corte exato no teto e no rodapé.

     Após aplicá-lo, recorte as sobras do teto e do rodapé usando o estilete e a espátula de aço. A colocação do primeiro papel é a mais importante, portanto ele tem que estar perfeitamente alinhado para orientar os demais. Depois é só ir encaixando os demais.

    Conforme for colando o papel, passe a espátula de silicone para retirar o excesso de cola isso ajudará a remover as bolhas. Não se preocupe com pequenas bolhinhas, elas são absorvidas na secagem.

    Quando houver tomadas ou interruptores, deixe o papel de parede passar por cima deles. Quando o papel estiver seco, faça um corte no formato de uma cruz sobre a tomada ou interruptor. Em seguida, abra as partes cortadas com cuidado. Arremate cortando em volta com o estilete afiado.

    Dicas:

    • Não tenha pressa, dimensione bem o seu tempo pra não fazer correndo.
    • Para uma colocação perfeita e sem riscos de estragar o papel, prefira um profissional.

    Materiais necessários:

    • Pote onde você vai diluir a cola
    • Escada
    • Fita métrica ou trena
    • Rolo de pintura ou pincel largo
    • Tesoura
    • Espátula de silicone (para tirar excesso de cola)
    • Estilete afiado
    • Pano limpo

     

    *Fazer a própria instalação é uma maneira divertida de passar o tempo e ainda proporciona uma economia com o instalador.

     

  • A história do papel de parede

    Para apreciarmos a elegância do papel de parede podemos começar conhecendo sua história.

    O papel de parede surgiu na China, aproximadamente 200 anos antes de Cristo. Utilizado como elemento de decoração, ainda pouco desenvolvido, era produzido com papel de arroz, totalmente branco, sem detalhes decorativo.

    Ao decorrer do tempo foi ganhando cor, vida e formatos. A principio eram feitos à mão, logo depois vieram os carimbos decorativos, que eram embebecidos na tinta para produzir os desenhos.

    O comercio de papel de parede se expande para Europa através do árabes, que aprenderam como produzir com os chineses. Então passou a ser usado para decorar paredes, janelas e portas.

    Em 1630, foi inaugurada a primeira fábrica de papel de parede na França.

    No Brasil, o papel de parede apareceu devido à forte imigração européia no final do século XIX. Porém, até 1930, a importação desse produto era pequena, devido aos altos custos. Em 1960, com a modernização da indústria brasileira e com a redução dos custos, o papel tornou-se um popular revestimento decorativo de paredes.

     

5 Produto(s)